segunda-feira, 21 de agosto de 2017

OS DEUSES DE ÉBANO





Sem essa de raça, porque somos todos da raça humana. E a raça humana tem, até agora, dominado o mundo, porque é múltipla, porque se adapta a todos os climas, a todas as situações, com suas cores, com suas formas, com suas culturas diversas e também múltiplas. Assim como rendemos homenagem às belas mulheres de pele negra, agora é a vez desses homens que habitam a pele de ébano e têm a nobreza mais profunda  que a raça humana tem produzido. E para celebrar toda essa beleza e despertar com ela a sua libido, caro leitor, cara leitora, nada melhor do que buscar no youtube um dos nossos maiores artistas, Luiz Melodia, agora mais do que nunca imortal, para cantar com ele a letra-poema que abre a seleção de fotos que escolhemos para o seu deleite:



ÉBANO


Luiz Melodia




Meu nome é ébano


Venho te felicitar sua atitude


Espero te encontrar com mais saúde


Me chamam ébano


O novo peregrino sábio dos enganos


Seu ato dura pouco tempo se tragando


Eu grito ébano


O couro que me cobre a carne


Não tem planos


A sombra da neurose te persegue


Há quantos anos


Do Rio de Janeiro estou te sacando


Do centro da cidade vou te assemelhando


No núcleo do seu crânio


Eu nós três manchando


Quem é quente te amando


Quem sou eu passando


Quem sou eu ficando nu




















segunda-feira, 14 de agosto de 2017

FETICHES E FANTASIAS SEXUAIS DAS MULHERES – 2






Não há limites para a imaginação. Não há limites para as fantasias sexuais. Não se pretende esgotar esse assunto e a ele podemos até voltar no futuro. No momento, no entanto, queremos apenas dar a dimensão de quanto se pode sonhar, e que isso, o fato de sonhar e imaginar relações as mais estranhas ou complicadas não tem nada de errado, faz parte da natureza humana. 


As mulheres que fantasiam podem até mesmo ser aquelas que melhor se realizam sexualmente, com seus parceiros ou parceiras. A fantasia pode ou não ser realizada, e não há, em geral, grandes frustrações quando não se realizam. Porém, quando os parceiros sexuais falam abertamente de sua sexualidade, abrem suas mentes e aceitam um ao outro, com suas idiossincrasias e suas dificuldades, a parceria funciona bem melhor, e ambos podem aproveitar de maneira mais profunda todas as possibilidades que o sexo consensual dá a cada um. 


Portanto, às fantasias aqui relacionadas acrescente você, meu amigo e minha amiga, leitores dessas páginas, a sua fantasia, sem pejo, sem medo, para viver plenamente sua sexualidade, sem censuras ou amarras morais de quaisquer origens. Divirta-se:


Representação de personagens, como dançarinas, enfermeira, adolescente, freiras etc., para apimentar uma relação. 







Ver o parceiro fazer sexo oral em outro homem, uma fantasia que depende e muito da fantasia do parceiro; afinal, muitos homens, mesmo não sendo gays, gostariam de provar o pau de outro homem e, se essa fantasia também for a da mulher, é só reunir duas numa só, ao satisfazer a fantasia dela de transar com dois homens ou fazer um ménage a trois. 





Transar com um professor na sala de aula vazia, correndo o risco de alguém entrar, o que aumentaria a adrenalina da experiência e o tesão do ato. 




Transar com um cara que tivesse o pênis gigantesco, essa uma fantasia mais ou menos recorrente que, ao mesmo tempo provoca arrepios e um tanto de medo; um pau grande é sempre motivo de desejo, admiração, mas também de temor pelo que pode causar de incômodo, mas aí entra um pouco do velho e conhecido sado-masoquismo, para apimentar o tesão. E essa fantasia pode se associar a uma outra que muitas mulheres brancas têm: a de transar com homens negros, que têm a fama de possuírem pênis maiores. 






Gravar uma transa: essa fantasia pode, inclusive, ser incrementada quando a mulher pede ao parceiro atual que assista ao vídeo com ela transando com um ex-namorado, o que pode ser muito excitante para ambos, se não houver crises de ciúmes por parte dele. 






Troca de casais: o swing é uma fantasia também recorrente e, para isso, povoa a imaginação a existência de casas de swing, onde tudo pode acontecer, e várias fantasias serem realizadas ao mesmo tempo, como trepar em público ou diante de outras pessoas, ser possuída por outro homem com o parceiro assistindo, assistir ao parceiro trepar com outras pessoas etc. 






segunda-feira, 7 de agosto de 2017

FETICHES E FANTASIAS SEXUAIS DAS MULHERES – 1






Deixemos bem claro o que é fetichismo e o que é fantasia. Fetichismo é uma parafilia sexual (queira ver, aqui mesmo neste blog) pela qual a pessoa só consegue o prazer sexual quando foca um objeto (lingerie, sapatos etc.) ou uma região do corpo como os pés por exemplo. O fetichista é dependente de seu fetiche e não consegue se satisfazer completamente se não obtiver o objeto de seu desejo.


Já a fantasia sexual é algo que as pessoas desejam realizar, fora do lugar comum; algo que ela sonha ou imagina que lhe daria prazer, além do dia a dia ou das situações comuns de intimidade com seu parceiro ou parceira. Realizada a fantasia, ela se esvai por si mesma, e raramente se repete. Não realizada, é apenas uma leve frustração, que não impede a satisfação sexual.


Todos temos fantasias sexuais, realizadas ou não, com características fetichistas ou não. E as mulheres, ao contrário do que muitos homens pensam, também sonham ou imaginam fugas do lugar comum, sonham com situações estranhas ou extremas, ou simplesmente diferentes. Neste e no próximo post, vamos abordar algumas dessas fantasias. Uma viagem instigante, intrigante e deliciosamente erótica. Divirta-se. Só uma observação: a ordem das fantasias não indicam maior ou menor preferência, é uma ordem aleatória, como aleatórios são nossos sonhos.



Transar com dois homens ao mesmo tempo

Assim como muitos homens sonham com o sexo com mais de uma parceira ao mesmo tempo, muitas mulheres também gostariam de experimentar serem desejadas e disputadas por dois parceiros, com ou sem dupla penetração. 





Experimentar jogos sexuais violentos

Essa uma fantasia que se popularizou depois do sucesso do livro e do filme 50 Tons de Cinza. Ser dominada na cama, amarrada, amordaçada, levar tapas ou chicotadas não têm nada a ver com a parafilia sado-masoquista, que tem praticantes e regras próprias. Realizar tal fantasia não é difícil, mas exige que se tomem cuidados especiais, para que não ocorram acidentes desagradáveis, que podem transtornar uma noite de amor. Por isso, os parceiros que resolverem experimentar algo desse tipo devem ler algumas matérias especializadas, discutir os limites e estabelecer códigos de interrupção da prática, assim que um deles se sentir incomodado. 





Transar com um desconhecido

Sexo casual com um cara que nunca mais vai ser encontrado ou visto, numa situação de total entrega, sem saber nome, endereço, nada. Apenas sexo. 




Transar em lugares públicos

Parques, jardins (até o pequeno jardim em frente à casa), na rua, num bar ou em elevadores, ou seja, em lugares em que haja o risco de o casal ser surpreendido, com a adrenalina dessa possibilidade incrementando o tesão. 



Penetrar o parceiro/companheiro: 

Usar um pênis artificial para penetrar o parceiro e vê-lo gozar com essa experiência. 




Transar durante uma viagem de avião

Além da adrenalina das alturas, a possibilidade de serem surpreendidos, acrescido o fato de haver várias dificuldades a serem ultrapassadas, tudo a incrementar o tesão.